RSS

KAMASUTRA: Guia rápido ensina a aprimorar carícias manuais e orais no pênis

Publicado em

Confira três técnicas com mãos e boca que vão fazer o gato delirar de prazer durante as preliminares.

*Com informações da WOMEN’S HEALTH

amorsexo1

O pênis é um órgão bem mais complexo do que aparenta. Para manipulá-lo com destreza e dar prazer ao dono dele, é preciso entender seu funcionamento. Ao contrário do que a maioria pensa, por exemplo, a ejaculação nem sempre é sinal de êxtase. A transa pode tanto ser ótima como ruim.

Confira então três técnicas infalíveis para uma transa ser avaliada como ótima, ao menos no que diz respeito à sua performance:

1. A masturbação
Segure firme no pênis, como se fosse um guidão de bicicleta (nem muito em cima, nem muito embaixo: no meio) e fazendo o vai-e-vem. São dois os segredos: pressão (segure com vontade) e velocidade (ritmada e bem rápida). Não hesite em perguntar se ele prefere mais forte ou mais fraco ou então seja intuitiva: repare na cara que ele faz e controle o ritmo.

2. O sexo oral
“Enquanto a parte de baixo do pênis responde à pressão, o topo, que é onde fica a glande, responde à fricção”, esclarece o terapeuta sexual Ian Kerner, autor de “He Comes Next” (algo como: Ele vem/goza depois). Portanto, o alerta mais importante é: evite os dentes. Receber uma mordida só não é pior do que levar um chute no saco.

Com uma das mãos, você pode formar um anel com o indicador e o dedão e segurar firme na base – bem firme! –, fazendo com que a ereção fique mais consistente, o que também ajuda a retardar o orgasmo. A receita é combinar a língua e os lábios, controlando a pressão para cima e para baixo, tirando o pênis da boca e lambendo as laterais. O upgrade na modalidade acontece quando você usa o anel que formou com os dedos para subir até a glande e descer junto com a boca.

3. O arremate
Aproveitando que o pênis está bem molhado pela prática 2 (dar uns goles em um copo d’água facilita), prepare o gran finale que deixa qualquer cara doido. Com uma das mãos segure na base enquanto com a outra, levemente espalmada, escorregue de baixo para cima, chegue à glande, dê uma polida, desça até embaixo e depois suba tudo outra vez.

Novamente, tanto a pressão quanto o tempo despendido em cada etapa do processo vão depender da vontade do parceiro. Alterne as três técnicas, conforme for se cansando de cada uma – é sucesso na certa.

»

  1. Blog legal!
    Não é só o homem que precisa se desdobrar para entendeder as mulheres, nós também devemos ir em busca dos mistérios masculinos e aprender a dar prazer também .

    Responder
  2. Muito bom seu blog! Ta linkado nos meus favoritos…

    beijos

    Responder
  3. Pingback: Os números de 2010 « Mr. Love

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: